Usando o Expodisk

Nuvens ao final da tarde em uma plantação de eucalpitos

Para correta utilização do Expodisk, os seguintes procedimentos são recomendados pelo fabricante:

  1. Instalar o Expodisc com sua face branca mais próxima da lente.
  2. Selecionar na câmera o modo manual de ajuste do foco.
  3. Ajustar a exposição para um dos seguintes modos de disparo:
    1. Prioridade de abertura do diafragma
    2. Prioridade de velocidade do obturador
    3. Modo programado
    4. Modo manual – nesse caso, ajustar a velocidade e a abertura corretamente para uma exposição adequada
  4. Direcionar a câmera para a fonte de luz principal no ambiente. Em alguns casos, quando possível; o Ideal é ficar no lugar do objeto que se pretende fotografar e apontar a câmera para o local onde esta ficará quando se for tirar a foto.
  5. Quando estiver usando strobes, dispare-os quando for fazer o ajuste do balanço de branco utilizando o Expodisc. Quando estiver usando um flash externo montado na câmera, o Expodisc somente funcionará se o flash estiver sendo rebatido no teto. Nesse caso, monte o flash na sapata da câmera pronto para rebater sua luz no teto e faça o ajuste do balanço de branco com o flash operando desse modo.
  6. Ajuste na câmera o balanço de branco da câmera para o modo CUSTOM.
  7. Dispare o obturador da câmera.
  8. Retorne o foco da câmera para o modo de AUTOFOCO.

NOTAS

  • O Expodisc é uma ferramenta que só funciona adequadamente quando sobre ela incide a luz que estará iluminando o objeto que se pretende fotografar, no momento da foto.
  • Para fotografias feitas em estúdio ou para fotografias com mais de uma fonte de luz (de tipos diferentes entre si) incidindo no objeto: apontar o Expodisc para que ele capte, ao mesmo tempo, as emissões provenientes das fontes.
  • Fotografias de paisagens: quando se estiver fotografando em dias nublados, em local com sombra mistura com pontos de luz ou completamente na sombra, deve-se apontar o Expodisc em direção ao céu. Quando se estiver fotografando no sol, deve-se apontar o Expodisc de forma que ele capture a luz do sol. Não há risco de se danificar o sensor da câmera ao apontar o Expodisc diretamente para o sol.
    • Nascer e Por-do-sol: uma vez que o procedimento de ajuste personalizado do balanço de branco tenta neutralizar as condições de iluminação do ambiente, a maioria dos fotógrafos não vai querer utilizar o Expodisc para ajustar o balanço de branco no por-do-sol ou alvorada.
  • Fotografia em luz ambiente: quando se estiver fotografando objetos sob luz ambiente, o melhor é ficar em um local com luz similar à que está chegando ao objeto e apontar a câmera em direção à fonte de luz principal. Quando existe uma fonte de luz dominante, então é importante captar a luz incidente e refletida no objeto apontando-se a câmera do local onde o objeto está na direção da fonte de luz.
  • Fotografia com flash:
    • Fotografia com flash externo montado na câmera e direcionado (em linha reta) para o objeto: remova o flash da câmera, deixe-o em stand by no local onde o fotógrafo estará para tirar a foto. Posicione-se no local do objeto e faça a medição da exposição com o Expodisc – obs: durante essa medição, o flash irá disparar em linha reta na direção do fotógrafo.
    • Fotografia com flash externo montado na câmera, sendo rebatido: aponte a câmera e o flash para a superfície onde ocorrerá o rebatimento para se fazer o ajuste do balanço de brando utilizando o Expodisc.
    • Fotografia com o flash interno da câmera: não se recomenda fazer o ajuste do balanço de branco usando o Expodisc. Por ser o Expodisc uma ferramenta que trabalha a luz que sobre ele incide, ao se usar ambos, pode ser que, nessa situação, o Expodisc não receba toda a luz do flash disparado e, pior, pode criar um colorcast pela incorporação de quantidades desproporcionais de iluminação lateral e por trás.